domingo, 21 de novembro de 2010




Esperança


Sempre que você aparece, em meu coração se acende a chama da paixão. 
Mas sei que é passageiro e se desfaz como um castelo construído sobre a areia.
Por que você faz isso comigo?
Por que faz isso consigo?
Almas se que encontram e por alguma razão não conseguem ficar juntas...
Por teimosia talvez?
Por orgulho ou medo?
Queria entender a alma das pessoas... coisas que parecem ser simples, e são simples, o ser humano gosta de complicar...
Mas, enquanto você não vem para ficar definitivamente,
vou me contentando com o pouco que você pode me dar...


Vera Morgana

5 comentários:

  1. Quem se contenta com pouco não vive plenamente.

    ResponderExcluir
  2. Às vezes, dependendo da pessoa, é complicado se exigir muito... Bye!-.-

    ResponderExcluir
  3. O amor está fora do nosso alcance...é um mistério...não conseguimos entender certas coisas!!!
    Basta nós entendermos a nossa alma!!!
    Ah,o amor como fere...mas também pode nos fazer muito bem...quando é baseado em respeito e confiança!!!
    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Nath, muito obrigado pelas suas doces palavras, sou sua fã e adoro as coisas que vc escreve...sempre que quiser pode aparecer e postar algo, fica à vontade linda!!! Bjokas.

    ResponderExcluir

Diga agora ou cale-se para sempre!